Internet das coisas (IoT): onde o digital encontra o físico

IoT
A Internet das Coisas (IoT) é a conexão de dispositivos, veículos, edifícios e outros objetos físicos à plataformas digitais conectadas à Internet, permitindo que esses objetos coletem e troquem dados com a plataforma e/ou entre eles.
O primeiro objeto IoT, uma máquina bancária de retirada de dinheiro (ATM), foi revelado em 1969, por isso, a IoT não é exatamente uma coisa nova. À medida que o armazenamento de dados, a largura de banda e a conectividade da nuvem ficaram mais amplamente disponíveis, o conceito cresceu. Hoje, cada vez mais empresas reconhecem que a IoT representa mais do que aparelhos conectados e casas inteligentes. A Internet das coisas é o que impulsiona as cidades inteligentes, a indústria 4.0 e as fábricas do futuro. Sufocados por oportunidades e conexões praticamente infinitas, nem sempre os decisores conseguem ver todo o potencial para seus negócios.

Agarrar o potencial da IoT não é a parte mais difícil, mas sim encontrar um caso de negócio para ela para dentro da sua empresa.

As três camadas principais da IoT

IoT

 

Em sua essência, a Internet das coisas consiste em três camadas principais:

 

  • Detectar
     
    • Todo sistema IoT é baseado em dispositivos conectados que detectam, controlam ou monitoram certas atividades ou processos. Estes podem ser sensores, luzes LED, máquinas industriais ou praticamente qualquer coisa que possa ser conectada à internet.
       
  • Comunicar
    • Os dados gerados são trocados com outros dispositivos, processados localmente ou enviados para servidores centralizados ou aplicativos baseados na nuvem. Nesta fase, os dados podem ser combinados com informações de outras fontes.
       
  • Atuar
    • Talvez a camada mais importante, os dados combinados de uma infinidade de dispositivos interconectados são processados usando análise de dados avançada e, em alguns casos, são alimentados por sistemas de auto aprendizagem de AI. Esta análise profunda fornece informações úteis para orientar outras ações. Por exemplo, os dados gerados por um dispositivo de monitoramento de máquina podem ajudar a determinar o horário de manutenção ideal em uma fábrica inteligente."
       
IoT

Como a delaware pode ajudar

  • Graças a uma compreensão completa das indústrias e dos processos corporativos, a delaware pode ajudá-lo a definir metas estratégicas e projetos de IOT com oportunidades de crescimento realistas.
  • A inovação está no nosso DNA, mas não reinventamos a roda. Criamos soluções baseadas em plataformas existentes de nossos parceiros de longa data SAP (Leonardo) e Microsoft (Azure) e uma ampla seleção de parceiros sólidos.

  • Oferecemos uma ampla gama de serviços no domínio da transformação digital, desde insights estratégicos e tecnológicos até serviços de transformação. Isso nos permite inspirá-lo e orientá-lo através de transformações comerciais complexas que vão além do IoT.
  • Uma vez que o seu ambiente IoT esteja funcionando a toda velocidade, podemos cuidar de todos os aspectos, desde a hospedagem e operação da plataforma até o monitoramento e a melhoria do seu desempenho.