Varejo: principais pontos para implantar um ERP de sucesso

04 abr 2022
  • TI
  • Operações
  • Varejo
  • Estratégia

Saiba como escolher o melhor ERP para o setor varejista/atacadista e implementá-lo com sucesso, para transformar a sua gestão empresarial. Decida com base nesses 04 pontos

Independente da sua estratégia de negócio, seja ela omnichannel ou multicanal, contar com um ERP é fundamental para garantir o crescimento rentável da sua empresa de varejo/atacado.

Através da otimização de toda a operação do comércio varejista/atacadista, com a integração de dados e automação de processos de diferentes departamentos, as empresas garantem um aumento na produtividade de sua força de trabalho, reduzindo custos e erros derivados de processo manuais, além de uma maior segurança das informações.

Sabendo da importância de um sistema de gestão robusto ser competitivo no setor, é necessário escolher um ERP que atenda as reais necessidades do seu negócio e as especificidades do varejo digital. Como escolher a melhor opção para a sua gestão comercial?

Quando se trata de implementação, podem surgir dúvidas no caminho, sendo a principal delas: “por onde começo?”. Para ajudar a sua empresa na jornada de transformação digital, elencamos abaixo os principais pontos a serem considerados ao escolher um ERP para realizar uma implementação de sucesso: pesquisa e planejamento; qualidade e recomendações; capacitação e treinamento; manutenção e atualização.

1. Pesquisa e planejamento 

Antes de iniciar a pesquisa pelo software, é preciso saber como estão os processos das áreas core de seu negócio e as necessidades de cada uma. Um bom planejamento e pesquisa são essenciais para acertar na escolha do ERP. Por isso, converse com os times de vendas, backoffice, departamento financeiro, contabilidade, gestão de pessoas, controle de estoque e vendas e todas as áreas que serão envolvidas no processo de implantação do sistema.

Para reunir o máximo de informações sobre cada departamento e definir com assertividade os KPIs e objetivos que deseja alcançar, não limite a pesquisa apenas aos executivos. Envolva também representantes de diferentes funções das áreas estratégicas, como pessoas do time operacional, cujo trabalho será diretamente impactado pela automação e integração dos processos.

Uma vez definidas as áreas e pessoas que farão parte do projeto e o que o seu varejo/atacado deseja alcançar com a transformação digital, é hora de procurar pelo sistema que atenda às reais necessidades de seu negócio.

2. Qualidade e recomendações

No mercado existe uma diversidade de ofertas de ERPs, mas nem todos são qualificados para suprir as particularidades do varejo e às suas demandas. Uma forma de iniciar a pesquisa é conversando com outras empresas do setor para saber se recomendam a ferramenta que escolheram, com base na experiência de uso.

Por exemplo, as grandes varejistas Casa do Lojista e Mamãe Presentes contam com o SAP S/4HANA para gerir com agilidade e de forma descomplicada seus processos operacionais. Através da velocidade e modelo simplificado de dados da plataforma HANA in-memory, elas obtém acesso a insights de negócio em tempo real e geram relatórios instantâneos.

Para explorar o potencial máximo da tecnologia para o varejo, ambas as empresas implementaram junto ao ERP SAP, o FAST-Retail for Brazil, uma solução pré-configurada desenvolvida pela delaware Brasil que contempla processos e melhores práticas específicas para o varejo brasileiro e que permite a redução de até 40% do tempo de projeto.

Invista tempo na pesquisa por fornecedores que costumam atender os seus concorrentes. Provavelmente, a solução escolhida pela concorrência também oferece recursos e ferramentas que serão aderentes às suas necessidades. Navegue pelo site da consultoria e veja se ela detém certificações que comprovem a qualidade e competência de seu serviço, pesquise se há cases de sucesso de clientes do varejo que ela já atendeu, suas metodologias e tradição no mercado. Todas essas informações serão cruciais para que o processo de decisão da ferramenta ideal para que o seu negócio seja consistente, baseado em variáveis que vão além do fator preço.

3. Capacitação e treinamento

Antes do sistema entrar em operação, é preciso assegurar que os usuários estejam 100% preparados para utilizar a ferramenta. Portanto, é essencial capacitar os funcionários nesta fase através de treinamentos para que os mesmos estejam preparados quando o ERP estiver de fato em uso e possam aproveitar ao máximo as funcionalidades em suas atividades cotidianas. Lembre-se também de documentar todos os processos que considerar necessários durante o treinamento, para que as pessoas que entrarem futuramente na empresa possam consultar este material.

Uma vez que o sistema esteja rodando, podem surgir dúvidas e inseguranças por parte dos usuários em manusear o sistema integrado, mesmo após o treinamento antecedente à implantação. Durante esta fase de adaptação, é imprescindível a empresa contar com um suporte, presencial ou on-line, para que os colaboradores se sintam mais seguros com a migração da plataforma. Neste período inicial, a consultoria que forneceu a solução será capaz de sanar todas as dúvidas do time e fornecer um guia de operacionalização do ERP.

Os treinamentos para manuseio do software também devem ser contínuos, a medida que novas pessoas integrarão o time e precisarão ser capacitadas para explorar o potencial máximo do sistema de gestão integrado. Além disso, os treinamentos de reciclagem são cruciais para que os usuários que participaram da fase de implementação retenham o conhecimento e não retornem ao velho hábito de adotar planilhas e controles paralelos em suas funções.

4. Manutenção e atualização

A manutenção do software e melhorias contínuas na plataforma também devem ser praticadas periodicamente para evitar que o ERP perca potência com o passar do tempo, comprometendo a agilidade de processos-chave, como a gestão de estoque, que impactam diretamente na experiência do cliente e em resultados financeiros das lojas varejistas/atacadistas.

Através do serviço AMS, a delaware Brasil oferece um suporte contínuo de alta qualidade para que a sua empresa aproveite ao máximo as soluções de TI. Desde atualizações e correções de falhas no sistema até o máximo aproveitamento das últimas evoluções tecnológicas, garantindo estabilidade da sua operação.

Conte com especialistas do varejo digital

Tenha suporte durante toda a sua jornada de transformação